Luciana Genro

Facebook

Cleber Soares é militante ferrenho do carnaval gaúcho. É trabalhador dos Correios, professor de História e diretor de carnaval da escola de samba Imperatriz Dona Leopoldina, de Porto Alegre. Está sempre na batalha em defesa da cultura, da educação pública e dos interesses dos trabalhadores e trabalhadoras.

Acredita na cultura popular e trabalha para que os jovens ocupem o espaço da escola de samba.

Além disso, Cleber foi eleito dirigente nacional da Federação Nacional dos Trabalhadores das Empresas de Correios e Telégrafos, a FENTECT, em um dos períodos de maior resistência da sua categoria, lutando contra a privatização e precarização dos Correios!

Atualmente, é candidato ao senado pelo PCB no Rio Grande do Sul.

A elite gaúcha é favorável ao projeto nacional de desmonte do patrimônio público, ao fim dos espaços de cultura popular e às políticas de cortes de direitos dos trabalhadores, usando o Senado para legitimar seus interesses. Precisamos eleger um senador sem medo de enfrentá-los!

Basta das mesmas caras em Brasília e da política de conchavos entre as elites!

Cleber Soares, um senador com a cara do Brasil!

Nosso samba tem lado. É o lado do povo trabalhador!

 

Suplente:

John Elvis, 52 anos, é economista, servidor público e morador de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Iniciou sua militância no movimento estudantil, com passagem pelo Grêmio do Colégio La Salle e pelos Diretórios Acadêmicos da Ulbra e UFRGS. Suplente na chapa de Cleber Soares ao Se

nado, John participa pela primeira vez de uma eleição como candidato.

O fim do Senado e da intervenção militar no Rio de Janeiro são duas prioridades da candidatura do PSOL-PCB. Entre as propostas está a substituição do Congresso Nacional pelos Centros Populares de Democracia Local Participativa e a criação dos Centros Populares de Educação e Cultura, com a destinação de uma parcela significativa do orçamento federal.

A luta dos trabalhadores, com a defesa dos seus direitos e valorização, também estará entre as bandeiras da chapa ao Senado.

 

Suplente:

Meu nome é Leandro Gonçalves, sou formado em ciências contábeis e veterinária pela UFRGS, trabalho no Banrisul onde sou ativista bancário há mais de 15 anos e também delegado sindical. Participei ativamente das jornadas de julho de 2013 em Porto Alegre ao lado do PSOL na luta por um país melhor, e principalmente por um transporte público de qualidade.

A mudança da legislação para uma maior valorização do transporte coletivo, onde ônibus, trens e ciclovias ocupem o espaço urbano, será uma prioridade da nossa atuação, assim como o fortalecimento das políticas para a agricultura familiar e orgânica.

Junto com Cleber Soares, também vamos defender no Senado as bandeiras dos direitos das trabalhadoras e dos trabalhadores, da luta pela moradia e da regularização de áreas indígenas e quilombolas.