| Notícias

Começamos a semana com um pedido especial à valorização das religiões de matriz africana. Protocolamos o projeto de lei que busca incluir no Calendário de Datas Comemorativas e de Conscientização de Porto Alegre as homenagens a Pomba-Gira Soberana Maria Padilha das Sete Catacumbas.

A Soberana Maria Padilha é a pomba-gira de Pai Marcelo de Oyá da Família de Nage, patriarca de uma das maiores famílias religiosas do Rio Grande do Sul, com quase 40 anos de atividade, um trabalho que envolve não só a prática e os costumes afro-quimbandistas, como também uma dedicação importante a causas sociais.

A data proposta para as comemorações foi 9 de março, imediatamente após as celebrações do Dia Internacional da Mulher, tudo a ver com o papel que a entidade tem na abertura de espaços para o feminino e para o empoderamento das mulheres.